Guia Tutorial: Como calcular o Estoque de Segurança?

Entender como calcular o Estoque de Segurança é de extrema importância para o sucesso dos seus negócios, mas você sabe o por quê?

Bom… uma empresa funciona a partir de dois princípios: o de um sistema organizado e, o de ações contra situações imprevisíveis! 

A organização está em seus componentes, como o marketing, a contratação de pessoas e o investimento em matéria-prima, por exemplo.

Já as situações imprevisíveis podem ser demandas não previamente calculadas, atraso de fornecedores, e muitas outras ocorrências do dia a dia de um empreendimento. 

O elemento mais importante da empresa é o estoque, pois é a partir dele que se obtém insumo na fabricação de produtos e os próprios produtos direcionados aos clientes.

Mas, por conta do fator de imprevisibilidade é necessário ter um estoque a mais. Esse é conhecido como estoque de segurança.

Você não deve usá-lo constantemente, mas precisa dele para alguma eventualidade. 

Conhecido igualmente como estoque de proteção ou estoque mínimo, o estoque de segurança ajuda a evitar “balanços perigosos” em sua empresa, isto é, afasta o risco de grandes prejuízos.

Confira atentamente nosso Guia Tutorial e endenta como calcular o Estoque de Segurança para garantir total eficiência de seus processos internos!

Vamos juntos?

Qual a importância em controlar o estoque de segurança?

Para entender o quão valioso em como controlar o Estoque de Segurança, é essencial o olhar do cliente.

Você, empresário, que gastou tempo e dinheiro ao idealizar, investir, produzir, divulgar e finalmente vender o seu produto, entende que todo esse processo só compensa no momento em que um comprador fiel é conquistado. 

O sucesso de qualquer negócio é diretamente proporcional ao relacionamento com o consumidor final.

Faça o caminho inverso e você entenderá: um cliente passou pelas etapas do desejo e necessidade, pesquisa, encontrou o seu ótimo produto e atendimento e finalmente decidiu pagar pelo que você oferece. 

E se na hora em que esse cliente, tão disposto, aparece em sua loja e o seu estoque está vazio? Não só uma oportunidade de venda passou, mas um cliente, o que significa muitas futuras vendas.

Por isso, é de extrema importância entender como calcular o Estoque de Segurança da sua empresa!

Quando você tem o relacionamento com o cliente como a espinha dorsal de seu empreendimento, manter o estoque de segurança também gera:

  • Qualidade dos serviços
  • Economia no ato de fazer o próprio estoque
  • Fluxo de estoque ideal

Estoque de segurança é um ramo primordial na gestão de uma empresa e a ter uma Gestão de Fornecedores pode ser uma excelente dica para monitorar e acompanhar processos de compra/estoque de produtos.

A seguir, você verá algumas dicas para lidar com as eventualidades na gestão e como calcular o Estoque de Segurança do seu negócio.

Gestão de Estoque: Como impedir que possíveis problemas aconteçam?

O equilíbrio é o princípio de uma boa gestão e de como calcular o estoque de segurança!

Até agora, esse artigo defendeu que ter um mínimo de produtos excedentes no estoque é valioso. Contudo, de igual importância é não exagerar no estoque de proteção. 

Mas como chegar a essa gestão equilibrada?

Como impedir que o produto “encalhe” na prateleira e ao mesmo tempo ter sempre um produto pronto para atender às demandas não previamente calculadas?

Novamente, tudo começa pela observação do cliente, seus hábitos de compra, observar a frequência e que tipo de produto costuma levar.

Após entender como calcular o Estoque de Segurança, você, como Gestor, poderá analisar com clareza os possíveis problemas que sua empresa vem enfrentando.

Dessa forma, poderá implantar estratégias assertivas e direcionadas à resolver tal problema.

Ou seja, tudo começa em como calcular o Estoque de Segurança e, a partir daí, tomar medidas construtivas!

Fatores que você precisa observar para controlar seu estoque de segurança

Não é fácil manter o controle do estoque, especialmente do estoque mínimo. Isso porque ele está envolvido com ações e situações que não refletem a rotina do seu negócio.

Fazer previsões pode soar até místico e supersticioso, mas existem algumas atitudes que você pode seguir e que irão auxiliar na prevenção de perdas, seja pela falta ou pelo excesso.

Própria Demanda

Antecipar a sua demanda é vital para a gerência e para entender como calcular o Estoque de Segurança.

É necessário saber com o máximo de previsão o tempo em que o produto chega até seu empreendimento e o tempo em que sai, direto nas mãos do comprador.

Não importa o tamanho da empresa, lidar com a demanda nunca é fácil, pois envolve algumas variáveis, como:

  • Sazonalidade de um produto;
  • Estudo do comportamento do consumidor;
  • Flutuação dos preços;
  • Publicidade.

Em produtos com grande variedade na demanda, ou seja, onde é menos previsível, o estoque de segurança deve ser maior.

É uma questão de estar preparado sob todas as circunstâncias a partir do mínimo de produtos guardados.

De maneira oposta, há produtos que saem com frequência menos variada constantemente. Para essa situação, o estoque mínimo pode ser reduzido.

Lead Time

Lead time é o período de espera até que o produto seja entregue à loja.

Da mesma forma como a demanda, o lead time também é regido por sua velocidade e variação, portanto, a intensidade no estoque de segurança segue a mesma regra. 

Quando o lead time é instável, ou seja, quando o tempo de entrega do produto não obedece a um período fixo, é importantíssimo elevar o estoque de segurança, para não cair na situação de uma demanda não suprida.

Confira abaixo como funciona o Lead Time:

LEAD-TIME-EXEMPLO

Nível de serviço desejado

Nem todos os produtos em sua loja possuem o mesmo valor perante o cliente. A gestão de estoque está intimamente ligada ao desejo de compra do público.

Aquilo que ele percebe como o produto mais interessante é exatamente o produto que merece atenção especial de seu estoque mínimo.

Tudo o que for mais necessário, urgente ou atraente nunca pode faltar em sua loja! 

É preciso observar que o nível de serviço muda de uma empresa para a outra, pois a natureza do produto conta.

O nível de serviço de batons em uma loja de cosméticos é muito maior do que o de uma farmácia.

Como calcular o Estoque de Segurança?

Saber previamente os conceitos de demanda própria, lead time e nível de serviço é primordial, já que esses elementos se referem a como calcular o Estoque de Segurança.

Basicamente, o método de como calcular o estoque de segurança é por uma simples multiplicação dos fatores já definidos aqui no artigo.

A demanda deve ser calculada pelo valor diário. Além disso, é válido ter em mente que o resultado deve ser arredondado sempre para cima, pois diz respeito a um estoque mínimo. 

Mas afinal, como calcular o Estoque de Segurança?

Para entender como calcular o Estoque de Segurança do seu negócio é necessário seguir uma “regra básica”, confira à seguir:

Estoque de Segurança = Demanda média diária x tempo de entrega

💡 Confira um exemplo prático de como calcular o Estoque de Segurança:

como-calcular-o-estoque-de-seguranca

Viu como é simples entender como calcular o Estoque de Segurança da sua empresa?

É de extrema importância que você, como Gestor, tenha em mente esta estimativa, de maneira a evitar eventuais problemas que possam vir a ocorrer.

Dicas para maximizar processos internos

Um processo interno pode ser definido como a jornada entre o planejamento e a execução.

Quanto mais estruturada e pensada, maior será o número de planejamentos, mais qualificadas serão as realizações e mais curta será a ponte.

O valor aqui é o tempo!

Em uma empresa, o tempo é um tesouro e bons processos internos significam menos erros e mais lucros em consequência.

Uma empresa não existe sem os seus processos internos, mas uma empresa altamente lucrativa só subsiste quando esses processos são otimizados, ou seja, encurtados de forma eficaz. 

A gestão inteligente do estoque, especialmente de como calcular o estoque de segurança, faz parte da otimização dos processos internos de uma empresa.

Uma excelente dica é realizar boas práticas na Prospecção de Novos Fornecedores!

Encontrar bons fornecedores é essencial para qualquer tipo de negócio e, caso seja necessário, você pode contar com a Cadastro Empresa.

A seguir, você verá algumas dicas para alcançar essa eficiência em seu empreendimento.

fornecedores-na-Cadastro-Empresa

Estruture seus processos internos

É a fase do planejamento em si. É saber com antecipação cada etapa dos processos, seja do estoque, da entrada e da saída, da gestão de pessoas, da divulgação etc.

Um engenheiro não constrói um prédio sem uma planta. Um empresário não mantém um negócio sem o planejamento inicial.

Faça um treinando de equipe

Além do estoque de produtos, você gerencia funcionários que operam em torno destes.

Treiná-los sobre como lidar com pessoas, e também a aprender os moldes e visão da empresa, bem como toda sorte de novidade a ser implementada.

É uma forma certa de investir tempo e dinheiro hoje para colher ainda mais tempo e lucro no amanhã.

Monitoramento constante

Não basta apenas planejamento e execução. 

O monitoramento constante é necessário, pois só a partir dos relatórios que surgem deste você poderá verificar a real qualidade e otimização dos processos internos.

Também descobrirá onde estão os erros, de forma a consertá-los o mais rápido possível.

Mesmo que os processos internos de cada empresa tenham as suas particularidades, a regra sempre é a economia do tempo.

Uma excelente dica é criar uma Planilha para Controle Excel para Controle de Estoque. Dessa forma, além de acompanhar o seu estoque de segurança, poderá inserir informações importantes de seu fornecedor ou fornecedores.

Caso seja pertinente para o seu negócio, crie uma Lista de Fornecedores, com os melhores fornecedores para o seu negócio!

Conclusão

Planejamento é o lema de todo gestor de negócios, especialmente em como calcular o estoque de segurança, que é parte integrante dos processos internos.

Saber detalhadamente as particularidades de cada fator, como a demanda, o lead time e o nível de serviço é essencial para manter cálculos ótimos, que vão ajudar na economia e lucro de uma empresa.

Espero que este conteúdo tenha sido enriquecedor para seu aprendizado e, caso tenham dúvidas, comente aqui em baixo. Será um prazer receber seu feedback!

Grande abraço e bons negócios!

fornecedores-na-Cadastro-Empresa
Compartilhe:

Deixe um comentário