Organograma Empresarial: organizando os setores da empresa [8 dicas para otimizar os processos internos]

Em busca de organização? Um organograma empresarial pode ser fundamental para isso. Isto porque o organograma pode ser a ferramenta ideal que o planejamento da sua empresa precisa para aprimorar seus processos e a sua produtividade!

Um organograma empresarial é um documento no qual podemos analisar toda a estrutura da sua empresa. Ele é expresso por meio de um desenho — ou melhor, uma representação gráfica —, no qual estão organizados todos os funcionários de acordo com suas funções, suas equipes, e alocados em relação à hierarquia e cargo que ocupam.

Quando vemos um organograma empresarial, podemos ficar um pouco confusos diante dessa representação gráfica. Mas com as ferramentas tecnológicas atuais, podemos analisá-lo com mais facilidade e clareza, de modo que atualizações no quadro de funcionários podem ser feitas de forma mais rápida e as informações sejam mais assertivas.

Se você quer melhorar a performance da sua equipe de uma forma eficiente, adotar um organograma para planejamento empresarial pode ser o ponto de virada do seu negócio! Acompanhe a seguir tudo sobre essa estratégia de organização, suas modalidades e formas de implementação, e mude os rumos da sua empresa.

O que é um organograma empresarial?

Um organograma empresarial é um diagrama que representa a estrutura organizacional de uma empresa. Nele, é possível visualizar as relações hierárquicas entre os diversos departamentos da organização e os cargos ocupados por cada um deles.

O objetivo de um organograma é auxiliar na gestão da empresa, facilitando o processo de tomadas de decisões. Sempre que for necessário, é possível consultar o organograma empresarial para saber quem é o responsável por determinada atividade ou decisão.

Além disso, o organograma empresarial é útil para orientar o recrutamento de novos funcionários. Quando procura um novo colaborador, a empresa pode verificar se o candidato possui as qualificações necessárias para assumir um cargo específico no organograma.

Apesar de ser uma ferramenta essencial para a gestão de uma empresa, o organograma nem sempre é fácil de ser construído. Isso porque ele deve refletir de forma fiel a estrutura organizacional da empresa, incluindo todos os departamentos e cargos.

Por isso, é importante que a empresa tenha um bom sistema de informações que possibilite a construção do organograma empresarial de forma precisa e atualizada.

Exemplos de organogramas empresariais:

Organogramas empresariais são usados para representar a estrutura organizacional de uma empresa. Eles indicam as relações hierárquicas entre os departamentos e os cargos dentro da empresa. Os organogramas podem ser usados para identificar quem é responsável por cada parte da empresa e para planejar mudanças organizacionais.

  • Organograma de uma empresa com apenas um departamento;

A empresa possui apenas um departamento, o departamento de vendas. O organograma mostra a estrutura hierárquica do departamento de vendas, com o gerente de vendas no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com dois departamentos;

A empresa possui dois departamentos, o departamento de vendas e o departamento de produção. O organograma empresarial mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas e de produção no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com três departamentos

A empresa possui três departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção e o departamento de finanças. O organograma empresarial mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção e de finanças no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com quatro departamentos

A empresa possui quatro departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção, o departamento de finanças e o departamento de marketing. O organograma mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção, de finanças e de marketing no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com cinco departamentos

A empresa possui cinco departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção, o departamento de finanças, o departamento de marketing e o departamento de recursos humanos. O organograma mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção, de finanças, de marketing e de recursos humanos no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com seis departamentos

A empresa possui seis departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção, o departamento de finanças, o departamento de marketing, o departamento de recursos humanos e o departamento de TI. O organograma mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção, de finanças, de marketing, de recursos humanos e de TI no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com sete departamentos

A empresa possui sete departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção, o departamento de finanças, o departamento de marketing, o departamento de recursos humanos, o departamento de TI e o departamento de jurídico. O organograma mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção, de finanças, de marketing, de recursos humanos, de TI e de jurídico no topo da estrutura.

  • Organograma de uma empresa com oito departamentos

A empresa possui oito departamentos, o departamento de vendas, o departamento de produção, o departamento de finanças, o departamento de marketing, o departamento de recursos humanos, o departamento de TI, o departamento de jurídico e o departamento de logística. O organograma mostra a estrutura hierárquica de cada departamento, com os gerentes de vendas, de produção, de finanças, de marketing, de recursos humanos, de TI, de jurídico e de logística no topo da estrutura.

Tipos de organogramas

Como vimos acima, existem alguns modelos de organograma, mas antes de escolher qual você deve implementar na sua empresa, avalie quais os objetivos atuais. Essa escolha será crucial para situar tanto os atuais funcionários como também os potenciais, que poderão se adaptar e entender como o fluxo das tarefas funciona.

Organograma clássico ou vertical

O organograma para planejamento empresarial clássico, ou vertical, é formado por caixinhas divididas por funções e grau de importância. Essa escala é organizada de cima para baixo, com o topo do organograma sendo ocupado pela pessoa com o maior cargo na empresa, e os demais abaixo.

Esse modelo é dito como clássico, porque ele é bem simples de ser entendido, tanto com relação à hierarquia empresarial como na estruturação de cada setor, e por esses motivos um organograma muito utilizado.

Organograma Horizontal

Esse esquema visualiza os cargos de liderança — logo, os que têm maiores funções dentro da empresa — em caixinhas ao lado esquerdo, enquanto os outros colaboradores, ditos como operacionais, ficam à direita. A hierarquização, ou simples relação de trabalho, nesse organograma é definida por traços que se conectam às funções.

Organograma Circular

Nesse esquema os cargos de liderança ficam no centro do círculo, à sua volta ficam os cargos táticos e operacionais, ambos em cores diferentes, gerando assim uma visualização facilitada através de cores distintas, que são determinadas a partir das funções pertencentes a cada nicho existente na empresa.

Organograma Linear

Esse esquema é muito utilizado dentro de um setor, pois nele é possível observar de forma facilitada a quem se deve passar o bastão após a tarefa ser realizada.

Isso porque a representação desse organograma se dá por meio de colunas que representam os tipos de cargos (diretor, vice-diretor, gerente, coordenador, assistente, analista…) e uma tabela à esquerda é disposta para definir quais as atividades e funções de cada uma dessas pessoas, em relação a alguma atividade.

Organograma Matricial

Esse esquema é descrito como simplificado e super rápido de ser feito, sendo uma boa opção para um o organograma para planejamento empresarial de forma temporária. É ideal, por exemplo, para uma equipe deslocada para um projeto isolado, porque ela representa apenas as relações de trabalho entre os cargos, mas não descreve as atividades.

Organograma Informativo

Podemos dizer que esse cronograma é o mais complexo porque ele apresenta, de forma minuciosa, informações completas sobre todo o departamento ou âmbito organizacional da empresa. Deixando claro as informações conforme cada setor da mesma.

Como vimos, o organograma pode ser facilmente montado, sempre visando trazer maior fluidez às atividades empresariais. Logo, essa ferramenta é fundamental para a gestão do seu negócio.

Esperamos que você tenha conseguido captar como montar um organograma e que consiga aplicá-lo em sua empresa de forma que alcance o objetivo de agilizar o serviço, facilitar as tarefas em equipe e aumentar a performance da sua empresa!

Sempre o atualize

Outro ponto para se manter eficiente nessa implementação é sempre deixar o organograma atualizado. Admissões, demissões ou realocações de funcionários devem ser registrados, bem como mudanças estruturais em setores ou competências de cargos — elementos fundamentais da estrutura de uma empresa.

Essa atualização constante permite que, em casos de problemas e na necessidade de uma nova análise do organograma, a resposta seja rápida.

Benefícios do organograma empresarial

Adotar um organograma empresarial apresenta algumas vantagens para além da organização da empresa. A proposta de esclarecer a hierarquização através dessa ferramenta é útil para o próprio funcionário, que tem não apenas suas responsabilidades e funções expostas, como também os limites da sua atuação, garantindo sua autoridade e preservação diante de determinadas demandas.

Benefícios de organograma para planejamento empresarial
Fonte/Reprodução: original

Leia também: O que é planejamento empresarial? 8 dicas para elaborar o da sua empresa

Ainda assim, no que diz respeito ao macro, a aplicação de um organograma empresarial traz consigo inúmeros benefícios para o seu negócio. Separamos aqui seis deles para ilustrar a importância dessa ferramenta:

Agilidade no remanejamento da equipe

Com o organograma empresarial feito, você terá uma perspectiva completa do seu quadro de funcionários e seus detalhes. Assim, a ferramenta auxilia tanto numa reestruturação e nos processos de rotatividade internos, como também na gestão de problemas em determinados setores.

Assim, o organograma empresarial, quando implementado, é um mapa que pode ajudar a desenvolver upgrades e cobertura de lacunas que podem aparecer em algum outro setor ou equipe.

Clareza na hierarquia organizacional

Independente da flexibilidade da sua empresa, a definição de cargos e a estrutura da hierarquia é fundamental. Com o organograma empresarial, esse quadro hierárquico fica compreensível a todos, de modo que, na execução de processos e no convívio cotidiano da empresa, não ocorram desavenças ou abuso de autoridade de um setor ou funcionário sobre outro.

Na mesma medida, entender a responsabilidade de cada um no quadro é um facilitador em casos de necessidade.

Facilidade na delegação de tarefas

Como consequência da transparência na hierarquia organizacional, o organograma empresarial oferece aos seus funcionários uma visão clara a respeito de a quem eles respondem ou quem são seus subordinados. Isso tanto facilita a busca por orientação quanto na delegação de tarefas e quem são os respectivos responsáveis dessas funções.

Aumenta a performance da equipe

Com a estrutura organizacional bem definida no organograma empresarial, você terá uma ampla visão do seu quadro de funcionários e os processos que passam por cada setor. Isso auxilia, principalmente, na gestão da comunicação entre essas equipes e, consequentemente, na produtividade das mesmas.

Ou seja, por meio do organograma, fica mais fácil estabelecer a trajetória dos processos e redefinir dinâmicas a partir de um registro do quadro atual — ou seja, sempre haverá um ponto referencial da produtividade para se avaliar as suas mudanças. Dessa maneira, a tendência é de que a performance das suas equipes tenha uma melhora significativa.

Facilidade na elaboração de planos de carreira

Dada a transparência e a facilidade na análise das informações, o organograma empresarial oferece ao funcionário a oportunidade de vislumbrar os trajetos que ele precisa percorrer, a fim de alcançar novos postos. Através dos dados de metas, resultados e mesmo na comparação entre os demais colegas, o funcionário detém as ferramentas para decidir quais caminhos tomar caso tenha esse desejo.

Melhoria na performance do CEO

Por fim, o maior benefício de adotar um organograma empresarial é o do CEO. Isso porque, para alcançar os demais resultados citados acima, é necessário uma boa gestão diante das informações oferecidas pelo organograma. Por essa razão, podemos ver uma crescente na qual os funcionários da base do organograma, organizados pela boa gestão, melhoram sua performance e o seu fluxo de trabalho. Isto é, são reflexos da performance do CEO.

Como implementar o organograma empresarial de forma eficaz?

Como vimos, ao implementar o organograma empresarial no seu negócio, com uma boa gestão de pessoal, você verá o seu quadro de funcionários ter uma melhora na performance. Mas como adotar essa ferramenta no cotidiano da sua empresa?

Como implementar o organograma para planejamento empresarial de forma eficaz
Fonte/Reprodução: original

Leia também: Gestão de compras: 9 dicas para reduzir os custos da sua empresa [e mais…]

A forma mais eficaz de implementar o organograma empresarial é por meio de alguns pontos que iremos detalhar a seguir.

Pesquisa com os colaboradores da empresa

A fim de implementar qualquer coisa que seja, o primeiro passo sempre deve ser a realização de uma pesquisa entre os membros da empresa, assim, não seria diferente na implementação do organograma para planejamento empresarial.

Para essa pesquisa a empresa poderá criar um formulário e pedir que os funcionários colaborem na execução dessa tarefa, a fim de mapear todos os cargos e funções por toda a empresa. Realizado esse levantamento, poderá seguir o para o próximo passo.

Identificação das hierarquias

Apesar de já abordarmos esse ponto, é sempre bom lembrar que o organograma para planejamento empresarial vai delinear as hierarquias. Com os dados reunidos do passo anterior, a implementação do organograma avança na medida em que começa a se formar um quadro geral dos funcionários da sua empresa, de acordo com seus cargos e setores.

A partir desse ponto, você já pode começar a elaborar a ferramenta visual do organograma que será exposta.

Utilização de ferramentas que agilizam e organizam o organograma

Com os quadros bem definidos, agora você deve optar pelo modelo de organograma empresarial que mais se encaixa no seu negócio.

Isso porque existem diferentes exemplos à disposição, como: o organograma vertical, organograma horizontal, organograma por pessoas, organograma por projetos, organograma por funções (ou funcional), o organograma em barras e o organograma circular.

Dentre todas essas alternativas, o mais comum — e mais utilizado — no ramo empresarial é o organograma vertical, por promover uma assimilação visual muito rápida. Assim, o quadro mostra de cima para baixo a hierarquia e as correlações entre os cargos.

Apesar disso, é preciso que você analise os dados à sua disposição para usar o modelo ideal para a sua empresa em particular.

Reuniões com as equipes e canais de comunicação entre diferentes setores

Para melhorar a eficiência como um todo, é fundamental estabelecer vínculos entre os setores do seu negócio. Para isso, uma possível ponte é a convocação de uma reunião, na qual o organograma empresarial será exposto aos demais funcionários.

Assim, ao apresentar o “esqueleto” da empresa em pleno funcionamento, você pode comunicar de forma geral aos funcionários as novas medidas a serem tomadas a partir da análise — essa é a aplicação prática do cronograma.

Conclusão

Agora que você já conhece as principais partes que compõem um organograma empresarial, é hora de colocar a mão na massa e começar a organizar a sua empresa. Acesse o nosso portal de conteúdo para saber mais sobre negócios e empreendedorismo! Lá, você encontrará diversas informações úteis sobre como montar, administrar e expandir o seu negócio.

É hora de colocar a teoria em prática. Com o Cadastro Empresa você tem acesso à vários artigos para organizar a estrutura da sua empresa. Otimizar os processos internos da sua empresa para melhorar seu desempenho. Acesse a página e confira!

© 2013-2024 Cadastro Empresa

Política de Privacidade

Você já conhece nossas redes sociais?!