Como Montar Uma Copiadora

Como montar uma copiadora
Como montar uma copiadora

Montar uma copiadora é um dos melhores negócios de baixo investimento. O valor inicial é relativamente pouco, não precisa de muita estrutura, os pagamentos são praticamente todos à vista e o lucro pode ser muito bom se bem pensado.
Há pessoas que conseguem triplicar o investimento inicial em apenas seis meses, o que torna montar uma copiadora uma boa linha de pensamento para começar o seu próprio negocio.

Existem dois bons motivos que sustentam o fato de montar uma copiadora ser um bom negocio: livros para estudo são caros e pessoas eventualmente precisam tirar copias de documentos. Só para estes dois tópicos já dá para pensar o quanto montar uma copiadora próximo a uma universidade pode ser lucrativo.

Escolhendo o local para montar uma copiadora

O primeiro passo para montar este tipo de empreendimento é escolher um bom local. O pensamento é simples: quais os locais que mais precisam ter uma copiadora próxima? O primeiro são instituições de nível superior. Até mesmo os professores concordam que os livros originais de algumas disciplinas são em valores inviáveis. Livros de medicina custam em média R$ 300 e muitos alunos precisam da Xerox para estudar.

Os locais ideais são próximos a universidades, faculdades, bibliotecas e centros de estudos, pois os estudantes são o público que mais investe em copias. Outro bom local é perto de edifícios comerciais, quando eventualmente profissionais precisam de copias de documentos para seus arquivos ou soluções em bancos. Próximos a cartórios também é uma boa pedida.

Copiadoras de bairro também possuem um lucro mediano, mas é um bom investimento ainda. Principalmente se forem montadas próximas a escolas e perto de pontos de ônibus, trajeto de muita gente. Próximo a paradas de ônibus, de lan houses também são uma boa pedida, basta observar o ponto e também conversar com as pessoas locais para saber se sente a falta de uma copiadora no bairro.

Estrutura para montar uma copiadora

Não é preciso muito para montar uma copiadora. A sala pode ser pequena, semelhante a um pequeno quiosque de vendas de produtos com no máximo 20 metros quadrados. Quanto a móveis, não é preciso mais que uma mesa para a máquina e eventuais cadeiras para os clientes que esperam. Deve-se ao menos ter um ventilador no ambiente, pois as máquinas copiadoras emitem bastante calor quando em funcionamento e podem deixar o ar mais quente que o normal. Alguns usuários preferem até colocar ar condicionado no espaço.

O caro mesmo, o que deixa alto o investimento inicial de montar uma copiadora são as máquinas de tirar Xerox. O valor varia conforme o porte, por isso é importante pesquisar e decidir antes de comprar. As maquinas que tiram Xerox folha por folha, ideal para os centros comerciais e para copiadoras de bairro custam em média R$ 800 e estão


de bom grado para o uso ao qual serão destinadas.

Para quem quer montar uma copiadora próximo a universidades, nada melhor que investir mais em máquinas copiadoras que comportam um livro inteiro. O valor é bem mais alto, custam cerca de R$ 2 mil mas vale a pena o investimento. Elas não precisam de atuação manual na maioria dos casos, basta colocar as folhas em ordem que ela mesmo puxa e libera a folha e a quantidade de copias por folha que for desejada.

Elas são mais práticas e economizam tinta também em grande quantidade de folhas. Ainda possuem a vantagem de possuir memória interna capaz de arquivar a copia e, quando solicitada, basta enviar para impressão. Isso ajuda no caso de muitas copias de um mesmo livro para uma turma em especifico, porque economiza o seu tempo e do aluno que pode ter sua Xerox em menos de cinco minutos. Também imprimem colorido, o que muitas máquinas copiadoras não fazem.

Algumas pessoas se aventuram a usar computador e impressora jato de tinta para vender cópias, mas não é nada rentável. O cartucho de tinta é mais barato por unidade, mas no total ele gasta mais tinta por folha. O trabalho também é mais lento e precisa de um pouco mais de paciência do cliente. No final, você gasta mais, o cliente gasta mais, mesmo que a qualidade seja melhor, o que na maioria das vezes não o é.

Dicas de como lucrar com uma copiadora

Antes de estabelecer um preço por folha, o ideal é fazer um calculo do quanto é gasto por folha em Xerox. O cálculo pode ser feito estipulando pelo toner de tinta usado na máquina, que tem uma quantidade limite de folhas a qual imprime. Basta dividir a quantidade de folhas que o toner pode imprimir pelo valor que ele custou e encontrar a média. Claro que este valor vai variar se for uma folha apenas com imagens, mas o calculo é quase certo. Na dúvida, observe a concorrência.

O preço base de cobrança de Xerox por folha é R$ 10. Em caso de uma boa quantidade de Xerox com frente em verso, como copias de livros na integra com mais de 200 páginas, abaixe um pouco o preço. Caso seja possível, invista em uma máquina de encadernação, que não é cara e é bem lucrativa. A encadernação pode render um pouco mais na hora da compra final e a maioria das pessoas a usa em caso de trabalhos. As capas são compradas facilmente em papelarias, bem como os aspirais, o que é usado para prender as folhas.

Em Xerox para documento cobre um pouco mais caro, pois irá usar mais tinta. Aumente a qualidade para a cópia ficar perfeita, mas não se esqueça de cobrar um pouco mais caro. Outra forma de agregar serviços neste caso é atrelando a copiadora ao serviço de plastificação, bem pedido em muitos casos.

E você está pensando em montar uma copiadora? Comente abaixo!