5 Informações Importantes Para Começar Uma Criação de Coelhos

Montar Uma Criação de Coelhos
O sucesso para iniciar uma criação de coelhos é seguir à risca todos os passos necessários para criar coelhos.

Já pensou em trabalhar com criação de coelhos? Saiba aqui todas as informações necessárias para criar coelhos e ter bons lucros com o negócio!

A criação de animais dos mais variados tipos e tamanhos pode ser feita nos dias atuais por quem desejar sendo que uma das alternativas neste mercado consiste em montar uma criação de coelhos. Este tipo de negócio pode ser feito tanto para fins domésticos aos que desejam ter um belo bichinho de estimação como este ou ainda para a alimentação destinada aos que gostam deste tipo de carne animal.

Em qualquer uma das alternativas escolhidas, o negócio de criar coelhos se mostra muito rentável e lucrativo pois além do grande crescimento na comercialização desta modalidade de animal existe o fato positivo de que o coelho é um dos bichos mais baratos tanto para ser criado como também vendido.

De maneira conceitual, a criação de coelhos é chamada de cunicultura sendo que os coelhos são conhecidos de forma geral ótimas opções para serem cobaias em pesquisas de laboratório e por isso quem pretende montar uma criação de coelhos os cientistas e estudantes de cursos da área de saúde são um dos principais público-alvo para a venda desta modalidade de animal. Do ponto de vista mais prático, os coelhos são indicados para a realização de testes voltados para a criação de vacinas, de novos medicamentos, para o estudo de doenças variadas, dentre outras funções.

Apesar deste uso conhecido e já consagrado, o que está levando a uma quantidade mais intensa de lucros na criação de coelhos é o seu uso como alimento em decorrência não apenas de seu gosto agradável como também da presença neste tipo de carne de muitos nutrientes importantes como proteínas, vitaminas, minerais – com o cálcio, magnésio e ferro -, fibras alimentares, carboidratos complexos, dentre outros se tornando com isso uma boa opção para carne vermelha na dieta humana.

Em decorrência desta situação, a procura por esta modalidade de produto por estabelecimentos do meio gastronômico tem aumentado muito levando, com isso, a um maior interesse das pessoas por montar uma criação de coelhos. Saiba mais!

5 Informações Importantes Para Começar Uma Criação de Coelhos

1- Vantagens da Criação de Coelhos

No momento em que alguém começa a pensar em montar uma criação de coelhos uma das principais curiosidades se refere às vantagens que este tipo de negócio pode oferecer almejando com isso o maior lucro possível para os gastos a serem feitos.

Neste aspecto, os coelhos fofos são com certeza uma boa opção pois quase tudo deste animal pode ser aproveitado como iremos mostrar a seguir:

  • A carne é usada para a alimentação em formulações culinárias variadas sendo considerada nos restaurantes como um prato nobre.
  • A sua pele de ser usada para a costura com a criação de roupas a exemplo de outros animais podendo ainda resultar em uma lã com consistência bem macia e confortável para usos variados no vestuário e na composição de residência.
  • Vísceras do coelho podem ser usadas para produzir uma farinha contendo alto valor nutricional que é recomendada por profissionais da área de saúde e nutrição.
  • As fezes e urina deste animal podem ser usados como um excelente adubo para estimular o crescimento de plantas, flores e hortaliças variadas com grande quantidade de fosfato e nitrato que aumenta o seu valor agrário.

2- Local e Estrutura Para Montar Uma Criação de Coelhos

Local e Estrutura Para Montar Uma Criação de Coelhos
O local para criação de coelhos deve ser bem iluminada e ventilada para garantir a qualidade de vida dos coelhos.

Com todas estas opções de usos para os diversos componentes desta modalidade de animal é possível compreender o grande contingente de pessoas planejamento montar uma criação de coelhos. Mas este empreendimento deve ser feito de forma calma e concentrada para evitar problemas e prejuízos futuros sendo que neste processo a primeira questão a ser delimitada consiste em escolher o local e estrutura adequados para o negócio a ser iniciado.

Ao considerar este aspecto é preciso estar ciente de que, como a maioria das pessoas sabe, os coelhos se reproduzem de forma bem rápida e em quantidade muito elevada fazendo com que um pequeno investimento inicial seja suficiente para conseguir bons retornos financeiros. O primeiro passo para iniciar o negócio de montar uma criação de coelhos consiste em  escolher um bom local para a criação que possua uma boa iluminação e ventilação para garantir a qualidade de vida dos animais.

Como sugestões mais simples mas adequadas para começar o seu empreendimento são garagens residenciais ou ainda quintais com cobertura que devem ter condições ótimas para a higienização. A higienização do local em que os coelhos vivem é de grande relevância porque em caso de doença de algum dos animais o ambiente sujo pode levar o problema para os outros fazendo com que a criação como um todo fique seriamente comprometida.

Por isso, além de um local adequado com estrutura que comporte de maneira confortável a quantidade de animais a serem criados é essencial que o ambiente no qual os coelhos fiquem seja bem limpo com visitas periódicas de um médico veterinário para garantir a saúde e bem-estar dos animais e das crias surgidas.

Quando as pessoas tem como principal objetivo ao montar uma criação de coelhos um objetivo doméstico é preciso usar uma estrutura pequena e mínima composta por:

  • Gaiolas adequadas ao tamanho dos animais e de suas crias a serem recebidas. Neste caso uma opção interessante é fazer o chamado Coelhário que são gaiolas encaixotadas as quais ficam lado a lado umas das outras aproveitando a parede como uma grade além de possuírem sua frente aberta com estrutura feita em aço ou ferro.
  • Bebedouro e comedouro para a alimentação e hidratação dos animais pertencentes à criação.
  • Manjedoura, ninho e cobertura para o período de gravidez, nascimento e os primeiros dias das

    crias de coelhos para garantir uma maior sobrevida à elas.

3- Como Começar a Criação de Coelhos

Com a delimitação mais específica do local e estrutura mais indicados chega o momento de começar realmente a criar os coelhos sendo que neste caso é preciso iniciar de maneira pequena com apenas 10 matrizes que consistem nos coelhos que irão iniciar o processo de procriação.

Para cada 10 fêmeas é preciso apenas um macho, pois elas possuem uma alta taxa de produtividade e de reprodução  mesmo porque mais animais do que estes seria muito difícil controlar a grande quantidade de crias que iriam surgir para o início de seu empreendimento. A criação destes coelhos deve ser feita em cativeiro sem permitir que fiquem soltos sendo o macho vai de maneira individual emprenhar cada uma das fêmeas relacionadas a ele.

Nesta dinâmica, para cada 10 matrizes é preciso possuir 16 gaiolas no mínimo sendo que as gaiolas extras irão abrigar os filhotes que ficarão neste local por uns dias depois do nascimento até estarem com peso suficiente para ficarem abrigados em gaiolas individuais para cada um deles.

Estas gaiolas vazias são chamadas por muitos criadores de coelhos como ‘gaiolas de engorda’, pois os animais são levados para lá apenas para se alimentar e depois são transferidos para outros locais ou vendidos ainda filhotes. Para quem pretende montar uma criação de coelhos é preciso saber que depois de adquirir as matrizes elas devem ser usadas para o início da produção somente depois de 30 dias que consiste no período necessário para a sua adaptação ao novo local em que se encontra.

Se esta regra não for seguida os animais podem ficar doentes e fracos com dificuldades para se alimentarem levando, com isso, a mortes e prejuízos no negócio iniciado. Depois deste período é necessário esperar o começo do cio da fêmea que começa quando a região da vulva da fêmea fica rosada, com brilho intenso e a região genital apresenta-se bem inchada.

Quando perceber estes sinais basta colocar a fêmea na gaiola e aguardar que o acasalamento ocorra sendo que para garantir um melhor controle da sua criação de coelhos é uma ação interessante anotar em fichas individuais a data da cópula, pois cada macho só pode acasalar com outra fêmea após 36 horas.

É preciso ao montar uma criação de coelhos que as fêmeas deste tipo de animal possuem um alto nível de natalidade quando estão saudáveis e por isso se após quatro acasalamentos seguidos alguma fêmea não engravidar mesmo estando no cio este animal deve ser substituído pois pode ter alguma doença ou problema para engravidar.

Com relação a este assunto a identificação de uma fêmea de coelho prenha pode ser feita pela palpação na barriga com a qual é possível perceber a presença do feto no útero da mãe mas se esta prática não der certo basta colocar a fêmea junto do macho pois em caso de gravidez ela fica irritada e arisca ao chegar perto de um animal do outro sexo.

O período de gestação de um coelho oscila entre 28 e 34 dias. Quando estiver chegando perto do dia do parto, mova a fêmea para uma caixa de madeira com pó de serra ao fundo. As fêmeas e seus filhotes devem ficar juntos por cerca de 30 dias na média sendo que após o 18º dia a amamentação já terá sido finalizada sendo que neste momento a sua criação de coelhos já vai estar dando lucros visto que as primeiras crias estarão disponíveis.

Ao serem separados das mães, os pequenos coelhos começam o seu processo de engorda de acordo com o mercado a ser atendido sendo que com 70 dias de vida já é possível levar o animal para abate com destino ao consumo alimentar dos humanos sendo que o peso médio de um coelho destinado ao consumo é de dois quilos e duzentos gramas.

4- Lucros Com Uma Criação de Coelhos

Após montar uma criação de coelhos e obter para a venda suas primeiras crias é preciso controlar todo este processo de maneira a obter uma quantidade sempre maior de crias com carne saborosa e tendo boa saúde fazendo crescer desta forma o negócio elaborado.

No entanto, controlar toda esta dinâmica de funcionamento não é muito fácil exigindo além de conhecimento muita dedicação e organização de seu criador e em virtude desta questão é preciso, antes de pensar em ampliar a quantidade de animais, controlar a criação de coelhos de maneira eficiente o que possui por no mínimo seis meses visto que desta forma você consegue se acostumar com a rotina além de identificar os principais problemas e dificuldades que podem ocorrer.

Por isso, é preciso cuidar neste período de adaptação para que todo o ambiente da criação de coelhos esteja adequado com a realização de melhorias de maneira gradual sendo que a garantia de maiores lucros vem com investimentos sensatos e de maneira calma com muito cálculo e planejamento.

5- Gastos Com Criação de Coelhos

Gastos Com Criação de Coelhos
Para criar coelhos, além dos gastos fixos você deve estar preparado também para gastos extras que podem surgir com a criação de coelhos.

Ao considerar os gastos rotineiros relacionados ao processo de montar uma criação de coelhos é preciso saber que uma criação com 10 quilos gasta cerca de quatro quilos de ração ao dia, o que vai custar, em média, R$ 144 no final do mês.

A estes valores relacionados com a alimentação dos animais é preciso somar custos rotineiros com elementos como energia, água e mão-de-obra, além de visitas ocasionais  ao  veterinário levando a criação de coelhos a um custo por mês em torno de R$350,00.

Após a contabilização exata dos gastos despendidos com a criação dos coelhos será possível, então, delimitar os lucros obtidos os quais irão depender do surgimento de crias saudáveis que chegam à fase adulta além de uma boa higiene e manuseio das instalações para garantir um volume maior de vendas que terá como consequência uma boa lucratividade.

Pronto para começar uma criação de coelhos? Deixe seu comentário e cadastre seu e-mail para receber mais dicas de negócios!