Como Montar Uma Casa de Eventos e Espetáculos

Como montar uma casa de eventos e espetáculos
Como montar uma casa de eventos e espetáculos

As casas de eventos e espetáculos são locais onde as pessoas, geralmente, frequentam em busca do entretenimento nas horas vagas. Com isso, o começo da semana fica livre e os fins de semana são os dias mais lucrativos.

Então o negócio de casa de eventos e espetáculos já deve ser pensado como um empreendimento que dará frutos nesta parte da semana, e então o empreendedor e seus funcionários devem estar dispostos a trabalhar duro para conseguirem bons frutos.

O primeiro aspecto a se pensar no empreendimento de casa de eventos e espetáculos é uma pesquisa para compreender as necessidades da região e obter um pouco mais de informações sobre o público-alvo que será atingido, assim como traçar metas para imaginar o que poderia levar essas pessoas a escolherem uma casa de eventos e espetáculos para passarem algumas horas.

O público de determinada região pode variar bastante, sendo preciso saber a idade, sexo, condição social, gostos musicais, realidades da região e muitos outros detalhes. Isso porque em algumas regiões é cultural certo tipo de música em uma determinada faixa etária que aproveita a diversão da cidade e outros aspectos. O ideal é pensar em metas para trazer o público para a casa de eventos e espetáculos e isso está muito relacionado ao marketing.

Marketing de uma casa de eventos e espetáculos

Anúncios na rádio local, outdoors, sites e panfletagem são alguns métodos para comunicar as pessoas sobre as atividades que acontecerão no novo espaço interativo da cidade.

Isto deve ser feito logo após o conhecimento do público-alvo para direcionar o conteúdo das atrações a expectativa da população local.

Para uma nova casa de eventos e espetáculos é bom que haja uma grande mobilização para avisar as pessoas e chamá-las a conhecer um pouco mais sobre o empreendimento e isso pode ser feito com a divulgação das atrações fornecidas.

No começo, é bom que alguns cantores famosos sejam convidados para se apresentarem na casa de eventos e espetáculos, o que vai aumentar a curiosidade das pessoas para conhecerem o local, e isso é exatamente o que é preciso para disseminar a popularidade da casa.

Dependendo da concorrência, o valor do aluguel para as pessoas contratarem este novo espaço pode ser estabelecido e as atividades já poderão se tornar lucrativas.

Ambiente de uma casa de eventos e espetáculos

É necessário que o ambiente tenha um bom lugar para dançar, com aparelhos de som de última geração para conquistar a credibilidade do público. Este espaço deve ser refrigerado adequadamente, conseguir compor uma grande quantidade de pessoas e, se possível, ser dividido em subambientes para deixar os eventos mais interessantes e independentes dentro de uma mesma festa.

O sistema de abafamento do som também deve ser pensado, já que a música deve estar alta e não deve ser audível do lado de fora para incômodo das pessoas.

Vender bebidas alcooólicas para crianças e adolescentes é terminantemente proibido, e por isso o ideal é que apenas pessoas maiores de idade tenham acesso ao local.

O bar é um ganho extra além da cobrança de ingressos para os eventos e espetáculos, e muitas vezes, pode até superar estes valores. Por isso, um cardápio bem formado e variado pode aumentar os lucros e trazer para o empreendedor rapidamente o investimento que iniciou na casa de eventos e espetáculos.

Investimento de uma casa de eventos e espetáculos

O investimento para uma casa de eventos e espetáculos pode ser muito variado, pois depende, entre outros fatores, do tamanho do espaço.

Além da infra-estrutura, a decoração também é um grande aspecto a ser percebido, pois pode se tornar muito cara, mas é um dos atrativos e diferenciais que uma empresa deste tipo pode oferecer para conseguir o crédito da população.


O básico é que haja o investimento mínimo de R$200.000,00 para arcar com estas despesas iniciais, e a previsão da volta deste dinheiro como lucro está muito associada a quantidade de vezes que a casa de eventos e espetáculos funcionará, assim como a quantidade de pessoas que frequentará e os valores de ingressos e produtos que serão comercializados.

É importante saber a classe social das pessoas que serão adeptas ao espaço, já que seria inviável comercializar serviços e produtos muito caros numa região mais pobre.

Localização de uma casa de eventos e espetáculos

A localização de uma casa de eventos e espetáculos deve ter relação com o público-alvo que se pretende atingir. Regiões mais humildes não conseguirão ter acesso a serviços muito caros, e por isso é bom que haja uma avaliação inicial e, inclusive, uma pesquisa sobre a concorrência, que geralmente é muito acirrada nas principais capitais do país. Os diferenciais como descontos e propagandas podem fazer do negócio mais lucrativo.

As cidades que possuem grande quantidade de pessoas indo e vindo são as mais indicadas para serem sedes de casas de eventos e espetáculos, pois estão em constante renovação de pessoas que podem fazer a economia girar por ali.

É interessante que a localização da sede deste negócio seja próxima ao comércio local ou seja, próximo da vivência das pessoas para facilitar o acesso.

Casa de eventos e espetáculos – Perfil do empreendedor

O empreendedor de uma casa de eventos e espetáculos deve ser uma pessoa antenada com o mundo dos eventos e shows.

Artistas em geral, atores, diretores teatrais, produtores culturais, produtores de eventos, empresários de artistas e outros tem muita facilidade para organizar um negócio como este, o que não impede que os curiosos fiquem a vontade para mergulhar no mundo dos eventos.

Ele deve estar atento ainda com a administração do negócio, com a contratação de funcionários competentes para todos os setores e assegurar a integridade dos serviços.

Funcionários da casa de eventos e espetáculos

Os funcionários de uma casa de eventos e espetáculos são dos mais variados possíveis e incluem faxineiros, produtores, atendentes, recepcionistas, bartenders, sonoplastas e muitos outros profissionais que estão em sincronismo para proporcionar o melhor espetáculo para o público.

Pode ser que sejam contratados da casa ou terceirizados e aí vai de uma pesquisa de gastos, benefícios e malefícios para poder definir qual é a melhor saída para conseguir organizar tantos profissionais sem desviar a atenção dos eventos.

Capital de giro – Custos de uma casa de eventos e espetáculos

Os custos que giram em torno de um empreendimento como esse incluem os cachês para os artistas e suas equipes, que será variado, dependendo do artista e da grandiosidade dos eventos.

Também há a produção de cenários e montagem de estruturas que também gastam um bom dinheiro para serem feitos. O aluguel do imóvel não sai por menos de R$5.000,00 e aí vai depender das características de casa local para estabelecer os preços exatos.

A telefonia também deve ser pensada, pois o empreendimento precisa de comunicação para atender melhor seus clientes e até mesmo para o contato com investidores e patrocinadores, energia elétrica, manutenção, divulgação, serviços bancários e muitos impostos.

Com isso, é necessário pensar muito bem e traçar estratégias para o sucesso do empreendimento logo na primeira vez que for aberto, pois tempo é dinheiro.

A parte administrativa provavelmente terá de ser tratada com um profissional a parte, e isso pode ser feito com um administrador de confiança do empreendedor e que tenha as qualificações e experiência necessárias para tratar de um negócio de casa de eventos e espetáculos.

No caso de um espaço reservado para teatro, é necessário o investimento em iluminação e, principalmente, nos assentos e camarins próximos ao palco com todo o aparato para o desenvolvimento de um show na casa de eventos e espetáculos.