Como Montar um Brechó

Como montar um brechó
Como montar um brechó

Nos últimos anos, os brechós se tornaram populares entre os consumidores mais descolados, que buscam aquela peça vintage ou de marca, sendo uma boa opção de investimento.

Para que não sabe, um brechó é o estabelecimento que comercializa roupas, sapatos e acessórios usados.

Montar um brechó exigirá praticamente o mesmo que montar uma loja convencional de produtos novos, mas vale a pena estar atento a algumas dicas importantes para garantir o sucesso do negocio.

Dicas para montar um brechó

Se você pretende diferenciar e sofisticar o seu brechó, invista na aparência da loja, um ambiente com ares de shopping atingirá um maior número de clientes.

As roupas à venda devem estar limpas e cheirosas, para que a loja também fique cheirosa, nunca deixe seu brechó com cheiro de guarda-roupa, mofo e naftalina, pois trará má impressão.

Separe as roupas, sapatos e acessórios por seção, como em lojas convencionais porque facilitara para o cliente.

Quando for comprar para revender em seu brechó faça boas compras, evite comprar coisas muito danificadas e com cheiros impregnados, principalmente se seu brechó não for popular, tipo bazar. Uma boa venda começa na compra. Ao montar um brechó este conceito é muito mais verdade do que em alguns negócios.

Fazer propaganda do brechó, mostrando que pessoas de alto poder aquisitivo e celebridades, também compram em brechó, está na moda. Veja o que aconteceu com as “Sandálias Havaianas” nos últimos anos. Há anos atrás muitas


pessoas tinham vergonha de usar Sandálias Havaianas, após um investimento pesado em marketing e propaganda, hoje o preço de é bem mais elevado e o posicionamento da marca mudou.

Muito provavelmente você que pretende descobrir como montar um brechó não está pensando em um investimento tão alto e nem o negócio comportaria tal estratégia. Por outro lado é possível pensar em estratégias de marketing para melhorar a imagem do brechó mesmo antes de montar o negócio.

Levar o negócio a serio e importante, com relação a horário de funcionamento, contratação de pessoal e demais fatores não são diferentes de uma loja convencional.

Outra opção para quem trabalha com brechó é trabalhar com consignação de roupas, sapatos e acessórios, porque o investimento é zero e as opções se tornarão maiores para os clientes do brechó.

É muito importante anotar e ter controle sobre os produtos que mais são procurados, saber quais dias da semana que mais se vende e conhecer o lucro, despesas, etc. Uma boa administração também faz parte do negócio.

Você vai limpar e organizar o brechó, mais do que faria em uma loja convencional, ter paciência, portanto, é fundamental, neste tipo de negócio, pois as pessoas mechem e procuram mais.

E por último, na hora de comprar a mercadoria, compre coisas variadas, diversificadas, ser imparcial na hora da compra vale a pena, pelo menos ate você descobrir o que mais venderá e se familiarizar com o negócio.

Montar um brechó requer planejamento, execução e controle assim como montar qualquer outro tipo de negócio, veja nosso Kit Como Abrir Um Negócio na página principal.

E você o que acha? Deixe um comentário!