Como dar aulas particulares

Como dar aulas particularesO serviço de dar aulas particulares é bem antigo, mas ainda hoje é bastante procurado pelos pais que buscam o serviço para seus filhos que estão no ensino Fundamental ou Médio. Veja nesse artigo, como montar uma empresa de aulas particulares e aproveite para começar a lucrar.

Muitas pessoas abrem seu próprio negócio dentro de suas casas começando a lecionar para crianças e jovens, ajudando-os a obterem o conhecimento necessário nas aulas extracurriculares, curriculares e até de línguas estrangeiras. Trabalhar como freelancer é uma opção que pode ser rentável, mas é mais provável que um empreendimento formalizado se torne muito mais lucrativo, pois possui mais estrutura e organização para receber os alunos.

Aulas particulares – Formalização 

Formalizando o seu negócio, o empreendedor pode investir numa equipe para trabalhar junto com ele lecionando para os alunos ou manter-se sozinho na promoção de ideias e estratégias para começar a lucrar. O empreendedor individual é aquele que recebe até no máximo R$36.000 reais por ano, trabalhando por conta própria e sem ter participação em outras empresas. Além disso, precisa de um empregado que seja devidamente contratado e receba salário mínimo ou previsto para a sua função. Configura-se como um pequeno empresário e é geralmente o primeiro passo de muitas empresas que depois expandem seus negócios, ampliando instalações e até abrindo filiais.

Divulgação das aulas particulares 

O empresário que quer abrir um negócio de aulas particulares deve ter em vista uma forma de divulgação que aumente a procura no setor. E nessa hora, a Internet pode ser aliada, mostrando anúncios nos principais sites de pesquisas escolares. Além disso, a divulgação boca a boca é ainda mais frequente quando estamos falando de um público específico que recebe os serviços de um contratante. Placas e panfletos podem ser empregados em lugares estratégicos que sejam vistos pelo público-alvo, ou seja, perto de escolas e cursos.

Investimento inicial para aulas particulares 

Para dar aulas particulares, o valor necessário para começar o negócio varia, dependendo da estrutura do empreendimento. Se for trabalhar em casa, o ideal é que o empresário freelancer tenha um escritório ou um espaço reservado para isso com um pequeno quadro, além de mesa e cadeira. Já para quem quer investir em uma estrutura maior para atender mais alunos, é indispensável ter um certa quantidade de carteiras para os alunos se acomodarem, um ambiente espaçoso, bebedouro, banheiro disponível, um professor habilitado para lecionar e um bom sistema de refrigeração e segurança.

O espaço pode ser valorizado com uma biblioteca, por exemplo, contendo livros e resumos para os alunos fazerem suas próprias pesquisas, assim como computadores com conexão a internet para facilitar o entendimento. A dinâmica e o investimento em tecnologia são dois dos parâmetros que podem fazer a diferença na construção de um novo negócio. Existe uma grande concorrência na área das aulas particulares, mas geralmente estes investimentos mais técnicos não estão disponíveis e a informalidade ainda é bem maior do que as empresas legalizadas.

Serviços oferecidos ao consumidor nas aulas particulares 

Os serviços que a empresa de aulas particulares oferece partem da informação e explicação do conteúdo


ministrado em sala de aula pelos professores de diversas disciplinas em cursos ou escolas de Ensino Médio e Fundamental. Há ainda aulas particulares de reforço para cursos de idiomas e até para quem quer passar em concursos públicos.

Os turnos de aula podem ser manhã, tarde e noite e caso uma única pessoa esteja empenhada para lecionar, pode pegar três turmas num dia. Geralmente, as aulas particulares de reforço não costumam ser todos os dias, o que dá uma maior flexibilidade de horários para os clientes e aumenta a quantidade de turmas por professor.

Agregação de valor as aulas particulares 

O valor das aulas particulares vai variar muito a partir de vários aspectos como localização, concorrência, investimentos e serviços. Um local muito bem valorizado na cidade tem altos custos para o empreendedor, então isto vai refletir na agregação de valor dos alunos. É importante que o preço seja também atrativo e esteja na média das empresas de aulas particulares da região.

No caso de um espaço com biblioteca, salas de aula personalizadas, acesso à internet e outros diferenciais, pode ser que o valor das mensalidades seja aumentado. No começo das aulas, pode ser cobrada uma taxa de matrícula, o que garante que os alunos vão começar pagando pelas aulas.

Perfil do empreendedor de aulas particulares 

O empreendedor deve ser a pessoa apta a corrigir os problemas que possam acontecer com os alunos e ajudá-los a compreender melhor os assuntos nos quais têm dificuldades. Cada vez mais, os alunos precisam ser acompanhados para garantirem boas notas e, consequentemente, um bom resultado para o novo empreendimento. A atenção e o investimento são características básicas para o sucesso de todo investidor, que geralmente tem afinidade com a área e já traça metas para melhorias e expansões.

No caso de uma equipe que vá trabalhar com aulas particulares, é bom que esteja organizada e sincronizada para atender da melhor maneira possível os diversos alunos e turmas que estão pagando para serem atendidos com um bom serviço. Talvez, a qualificação destes profissionais em suas áreas de atuação seja a melhor medida para alcançar um serviço impecável. Para isso, a renda disponível para o pagamento dos funcionários deve ser considerável e o negócio já precisa estar mais estabilizado ou o empreendedor precisa ter um bom capital para investimento inicial. As questões salariais devem ser pensadas antes mesmo do começo do negócio.

Para estar sempre por dentro das estratégias de marketing e aumentar os lucros das aulas particulares, o empreendedor deve procurar atualizar-se nos diversos meios de comunicação para ficar por dentro das mais novas táticas e investimentos no mercado para o setor, assegurando que não está ficando para trás. As feiras e eventos físicos podem, muitas vezes, ser substituídos por artigos publicados na própria internet, que dão muitas dicas úteis para o pequeno empresário.

Relacionamento com o cliente 

O relacionamento com os clientes pode ser otimizado a partir da criação de vínculos do empreendedor com as redes sociais, principalmente na área das aulas particulares. Além disso, a disponibilidade para conversar com os pais de alunos e tirar dúvidas garantem maior confiança e um bom relacionamento.

Gostou da ideia de dar aulas particulares? Deixe seu depoimento: