Como Começar Uma Criação de Frangos de Granja

Como começar uma criação de frangos de granja
Como começar uma criação de frangos de granja

Nos últimos anos, houve certa mudança no cenário da produção avícola brasileira. Estando muito mais valorizada atualmente, a criação de frangos de granja tem se destacado e com isso a concorrência aumenta com novos empreendedores começando negócios como este.

Na década de 60, houve um impulso em relação à avicultura de corte e, poucos anos depois, já havia milhares de matrizes de corte espalhadas por granjas brasileiras. Com o clima favorável e uma boa expansão da soja e do milho, a produção começou a aumentar e os consumidores tiveram uma boa receptividade à carne de frango, que é bem mais barata que a carne bovina.

Os hábitos alimentares da população passaram por mudanças e as pesquisas afirmam que os brasileiros estão consumindo mais carne de frango do que carne de boi e porco. A população de poder aquisitivo mais alto se adaptou há pouco tempo com a chegada do frango como principal ave de seu cardápio.

A criação de frangos de granja pode ser usada para corte de frangos e na obtenção de ovos. Esta dupla atividade vem movimentando há muitos anos o setor e garante uma lucratividade maior ao empreendimento.

Cabe ao empreendedor dispor de uma estrutura que possa acomodar uma grande quantidade de frangos vivos, contendo freezer e outros equipamentos para manter os frangos abatidos sob refrigeração proporcionando as condições ideais que o alimento precisa para ser estocado e preservado.

Criação de frangos de granja – Vantagens

A vantagem da criação de frangos de granja é que as pessoas têm a fonte protéica animal mais acessível do mercado e admiram muito o sabor.  Investir em divulgação, explicitando as principais vantagens, é uma boa pedida para aumentar a lucratividade da criação de frangos de granja.

Além disso, o mercado brasileiro é o quarto maior consumidor de frango do mundo. Assim, é quase evidente que compradores não faltarão, inclusive as exportações estão fazendo trabalhos ainda mais gigantescos com a introdução do frango de granja brasileiro para outras cidades e países.

O mundo inteiro sempre aceitou muito bem a carne de frango brasileira e a criação de frangos de granja abastece, principalmente, os países do Oriente Médio.

Criação de frangos de granja – Barreiras comerciais

É muito comum que o empreendedor de criação de frangos de granja avance no mercado e acabe exportando seus produtos. Vemos então certa dificuldade em alguns países para a introdução do frango além das fronteiras.

As barreiras comerciais ainda existem em época de globalização, como a que estamos vivendo, e são principalmente impostas pelo protecionismo dos países mais industrializados. Para romper certas barreiras, podem-se criar parcerias e buscar soluções legais para conseguir alcançar este mercado consumidor e, caso não seja rentável, pode ser melhor exportar os frangos para regiões menos problemáticas.

Criação de frangos de granja – Público-alvo

O público-alvo da criação de frangos de granja é, principalmente, grandes empresas da produção de alimentos, abastecimento de açougues, supermercados, grandes redes de restaurantes.

A venda é constituída em grandes quantidades, o que faz


do empreendedor de criação de frangos de granja, um comerciante atacadista. É necessário estudar a fundo o perfil do consumidor para saber quais são suas expectativas e traçar suas preferências e isto pode ser feito através de pesquisas.

A forma de divulgação da empresa, frequentemente, está ligada ao perfil traçado do consumidor de criação de frangos de granja, facilitando as saídas mais favoráveis ao empreendimento de chegar ao consumidor e propor seus serviços.

Criação de frangos de granja – Alimentação dos frangos

Os frangos são animais monogástricos, possuindo um estômago simples. Também são onívoros, alimentando-se de alimentos de origem animal e de origem vegetal. Os frangos da criação de frangos de granja estão em cativeiro e por isso dependem totalmente da alimentação oferecida pelo criador para desenvolverem.

As rações são os alimentos mais usados para a criação das aves e nela deve conter as necessidades nutricionais dos frangos.

Deve-se investir num profissional veterinário para avaliar a composição e conduzir uma dieta adequada aos frangos para a criação de frangos de granja. Este profissional trabalha ainda zelando pela promoção de saúde no meio da criação de frangos de granja na formulação de medidas que dificultem o adoecimento das aves.

De acordo com a etapa da vida do frango, utilizam-se rações diferentes. A criação de frangos de granja deve então dispor de três tipos de rações diferentes: uma para os frangos com até 21 dias de vida e outra para o crescimento até uma semana antes do abate. Na última semana, os frangos recebem uma alimentação especial para ficarem ideais para o corte.

Criação de frangos de granja – Vigilância Sanitária

A Vigilância Sanitária e outros órgãos de controle de alimentos visitam estabelecimentos que vendem alimentos. Exigem, entre várias normas, a utilização de equipamentos especiais para lidar com comida e estas se aplicam muito mais aos frangos já abatidos do que propriamente os que estão ainda em cativeiro.

Depois do abate, o frango deve ser conservado numa temperatura ideal e isto será cobrado na visita da Vigilância Sanitária. Além disso, as pessoas que manipularem os frangos devem usar luvas e terem todo o cuidado necessário com a higiene e contaminação.

Lavar sempre as mãos e usar o uniforme são mais algumas regras que podem adiantar o consumidor neste começo de negócio de criação de frangos de granja a lidar com estas imposições e orientar seus funcionários.

Criação de frangos de granja – Pessoal

O pessoal de criação de frangos de granja deve ter uma pessoa especializada em sacrificar os frangos, alimentar os animais, separá-los, fazer a manutenção dos criadouros, recolher os ovos, um veterinário, pessoas que limpem os frangos e os deixe ideais para a venda e outros que vão sendo necessários a partir do começo do negócio.

É necessário que, na entrevista de contratação, haja uma conversa esclarecedora entre o empreendedor e seus funcionários, explicitando o pagamento, as condições de trabalho, as jornadas por dia em relação a horários, benefícios. É preciso também verificar se os candidatos têm boas referências, pois isto dá certa garantia de um trabalho sério. O ideal é treiná-los quanto à especificidade de suas funções, além de priorizar o bom atendimento ao cliente da criação de frangos de granja.